31.10.08

A minha vida dava um filme português.

Cerca das 19.00h. Noite. Ruas de Lisboa. Algures entre Alcântara e o Saldanha.

Taxista (pela 57.ª vez) - E eu assim não posso trabalhar, com estas dores todas. O braço dói mas ainda o mexo, o antebraço é que já não consigo. Começa na coluna e já nem me posso mexer. E o médico que não me faz exames de qualidade alguma.
Roger The Shrubber (pela 147.ª vez) - Pois, pois. Isso é terrível.
T - E dão-me os anti-inflamatórios, mas aquilo já não me faz nada.
RTS - Pois, o corpo ganha-lhes imun...
T - Não me faz nada. Estou a pensar que o melhor é água quente. Ou água raz.
RTS - Pois, pois... Os antigos é que...
T - Uma pessoa põe aquilo quente no braço. Mas depois não pode apanhar correntes de ar. Aí estraga tudo.
(...)
T - Sabe o que lhe digo? Quem me dera que me desse uma trombose...
RTS - Uma trombose?
T - Sim, uma trombose. Mas que me matasse! Não queria que me desse uma trombose mas que eu não morresse dela... Ora, são € 8,10.
RTS - Tome lá. E deixe-se estar aí que eu tiro as malas. 
T - Ah, não se importe...
RTS - Bom trabalho e, olhe, saúde...

Atrium. Sou atendido por quem tenho a forte impressão tratar-se deste compincha, mas não lhe digo que acho que ele é quem eu penso que ele é.
Por vergonha. 
Mas também por medo que lhe doesse qualquer coisinha...

Coitados. Também não podiam só odiar os pretos e os ciganos...

Membro do PNR preso por auxiliar imigração ilegal e ter uma cadeia de bordéis

Chega a ser comovente a visão e o faro políticos do pessoal do PNR. Com esta iniciativa, o PNR mata dois pretos, perdão, ciganos, perdão, coelhos (mas não Pintos Coelhos) de uma só cajadada, garantindo a existência de imigrantes para poder odiar - logo, parte essencial do seu programa político - e respondendo decisivamente à descoberta recente da homossexualidade de Haider.

E você? Já foi arrolado como testemunha pelo mandatário de "Bibi"?


José Maria Martins vai ser ainda mais ousado que o Scolari de 2004. Desta vez até Vítor Baía vai ser convocado.

«650, uma; 650, duas; 650... três!!...

Vendido ao maluco da fila de trás com a placa que diz MMS.»

Os Contemporâneos

Continuam excelentes.

É só.

They're b(l)ack!

jackson-five

Jackson Five gravam novo álbum.

O mano Michael já explicou que procura reencontrar a criança que ainda habita no seu interior, até mesmo porque a busca de outras, no exterior, lhe tem causado alguns problemas.

30.10.08

Bruno Aleixo - 2

Daqui: http://vimeo.com/2072810 

Evocações

Todos nós temos Amália na voz.

Já Leonor Cipriano teve Obama na vista.

Gebalis

A Gebalis é uma empresa que gere bairros sociais, em Lisboa.

Sobre esta empresa, um "relatório da PJ afirma que os membros do conselho de administração do período compreendido entre Fevereiro de 2006 e Outubro de 2007 da Gebalis, José Francisco Ribeiro, Clara Costa e Mário Peças, utilizaram os meios financeiros que tiveram ao seu dispor, adquirindo bens de luxo (gourmet), aquisição de DVD com fins lúdicos, aquisição de livros, não só técnicos, mas de romance e ficção, e CD de música, resultando na utilização de avultadas quantias em dinheiro para seu usufruto pessoal".

Não vejo nada de censurável nesta história.

Antes de mais, trata-se de uma empresa: uma entidade que existe para gerar lucro. Só por aqui, é bom de ver que foi péssima a ideia de criar uma empresa para gerir bairros sociais. É que o bairro social é coisa que não costuma dar lucro nenhum. Raramente se ouve falar de pessoas que a partir deles fizeram grandes fortunas. Rockefeller nunca foi por aí. Nem mesmo o Richard Branson, que aposta no low-cost (e haverá algo mais low-cost do que um bairro social?), teve interesse em criar a Virgin-Slum. É pouco provável que um dia se leia no Diário Económico "Bairro do Lagarteiro lança OPA sobre Bairro do Cerco", "António Carrapatoso assume a liderança do Bairro do Aleixo" ou "As acções do Bairro Padre Cruz sofreram forte queda em bolsa, na sequência de rumores de deslocalização do negócio do tráfico para o Casalinho da Ajuda".

No meio disto, há que louvar a administração da Gebalis. Onde o lucro parecia impossível, conseguiu lucrar qualquer coisa. Eu não percebo muito de economia, mas quando alguém lucra alguma coisa o mundo fica melhor. É assim, não é?

29.10.08

Incontinental geek: comparativo iPhone

3509

De http://eatliver.com/

28.10.08

Recebida por e-mail

il_430xN.41195415

A mentira da verdade

O Incontinental sabe, em rigoroso exclusivo, qual a linha de defesa de Gonçalo Amaral, no julgamento. O antigo inspector alegará que Leonor Cipriano foi agredida por Kate e Gerry McCann.

A cegueira

Saramago diz: «Estamos sempre mais ou menos cegos».

O escritor explicou, mais tarde, que não se referia a Leonor Cipriano.

27.10.08

Merdas

"Um passageiro do comboio de alta velocidade francês precisou da ajuda dos bombeiros para conseguir tirar o braço da sanita, depois de ter tentado recuperar o telemóvel que lá tinha caído".

A notícia é do Sol.

E por falar em coisas que correm bem, Cofina quer vender a sua parte no semanário “Sol” (mas a notícia é do Público...).

A Merck vai instalar uma fábrica no Trancão?

Gás das bombinhas de mau cheiro pode reduzir hipertensão.

26.10.08

Bruno Aleixo voltou!

E vai para a SIC Radical...


As Mensagens Que Deixo Pra Você - 1 from Não Alinhados on Vimeo.

Teste de avaliação sumativa

Peguem num papel e caneta, meninos.

Representem o conjunto da população portuguesa como uma enorme circunferência de cor preta. 
Dentro desta circunferência:
a) Desenha uma grande circunferência que represente a população poertuguesa católica, com marcador de cor amarela;
b) Desenha uma outra circunferência, de tamanho relativamente considerável, respeitante à população portuguesa que é estúpida, com o marcador lilás; 
c) Desenha, por fim, uma grande circunferência que represente a população portuguesa que tem muito tempo entre mãos, com marcador de cor azul.
Já está, petiz? Agora pinta, com lápis de cera de cor viva, o espaço que for cumulativamente comum às 4 circunferências representadas. Ficou bonito, não ficou?
Algures dentro desse espaço que pintaste a cor viva está o conjunto de pessoas que fizeram queixa à ERC sobre o teor do sketch do "Sagrado Templo do Magalhães", do Gato Fedorento - link com vídeo.

Agora vê um exemplo do humor vintage do Gato Fedorento e escreve uma composição não maior de 200 palavras sobre a relação entre o humor e a tolerância na sociedade portuguesa, tendo por referência o adágio popular "Pimenta no cu dos outros para mim é refresco".
  

25.10.08

Economia para iniciados: o lucro

"Sacanas dos chinocas, que andam aí a vender coisas a 3 euros nas lojas, coisas que lhes custaram 20 cêntimos. E o que é que isto dá? 3 euros e 20 cêntimos de lucro, sem facturas, nem ASAE nem merda nenhuma, que para eles não há nada!"

(Sábias palavras de um ignorado prodígio da economia, fazendo conversa enquanto eu tomava o pequeno-almoço, neste solarengo 25 de Outubro.)

Não se ponham com coisas

Depois de alguns altos e baixos, neste momento, "Os Contemporâneos" representam o melhor humor que se faz na televisão em Portugal.

24.10.08

Notas póstumas

Jörg Haider, ao que parece, não era intolerante com todas as minorias.

A crise do sistema financeiro

Resumo das fases do processo da crise do sistema financeiro: excesso de confiança das instituições; descontrolo na assunção de riscos; persistência da confiança; alegria proporcional ao desconhecimento do risco. Por fim, uma dura e imediata ligação à realidade.

Visualmente, foi mais ou menos isto:

Conselhos práticos sobre exercícios de segurança

Quando se oferecer para fazer o papel de vítima num treino de salvamento de afogados, não leve a coisa muito a sério.

21.10.08

Televisão portuguesa: essa merda.

Ligar a Tv é particularmente doloroso. É tudo tão mau e os programas são quase todos iguais uns aos outros. 

De manhã, a escolha é demasiado dolorosa e poupo-vos à barbárie
Nas novelas, só se distingue o sotaque, não sendo também de desconsiderar o facto de nas telenovelas brasileiras aparecerem aqueles gajos e mulheres, ai, como é que se chama aquilo?... Hmmm... Ahh! Actores. Pois, as novelas brasileiras têm actores
De resto, a nossa TV vive de "spin-offs" daquele programa que, pronto, tem comédia, tem drama, tem horror e muita emoção, mas também representação com qualidade sofrível... um programa muito cansativo, monótono e previsível. Pois, esse mesmo: o "José Sócrates' One-Man-Super-All-Star Show". Programa esse que é muitas vezes, para mal dos nossos pecados, precedido e sucedido de remakes do "Sim, Senhor Ministro", só que com actores piores que os da telenovela portuguesa - estes pensam mesmo que representam bem, mas nota-se que os trazem os textos completamente decorados e são, em geral, muito mais agressivos à vista que os jovens da "ficção nacional".

O pior é que os canais da bola e os da "bolinha vermelha" são a pagar e - quer dizer - eu já uso o barril com suspensórios à segunda e à sexta (e nem queiram saber o que me sai do bolso para mandar aquela treta à lavagem a seco)...

«Eu louvarei, eu louvarei... (x15)»

«Louvo o Aeródromo de Trânsito n.º 1 pela forma superior como vem desempenhando as funções que lhe são cometidas e que excedem largamente as missões normalmente atribuídas a unidades militares.
(...)
Por este motivo, sinto como justo distinguir com público louvor o Aeródromo de Trânsito n.º 1 pelos serviços prestados a Portugal, apontando o pundonor e a galhardia de todo o pessoal do AT1 como exemplos a seguir por todos.»

O Primeiro-Ministro, José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, in Louvor n.º 646/2008, Diário da República, 2.ª Série, N.º 204, 21 de Outubro de 2008

«Louvado seja o c&%&$ho...»
Sr. meu pai, José F.G.F., por variadas vezes na vida, às vezes, no mesmo dia, na esteia da Tradição Oral Galego-portuguesa.

A malta gosta é de números, ainda que, por vezes, "eles não nos impressionem muito".


Esta estatística que fez Alberto Costa encontra-se, no entanto, fundamentalmente, errada. O Incontinental sabe que, após a publicação da reforma dos Códigos Penal e Processo Penal e da Responsabilidade Civil do Estado e dos titulares de órgãos públicos, essas 313 detenções correspondem a não mais de 7 arguidos, que são presos e soltos para depois serem presos e soltos, continuadamente.
O que sucede é que os juízes - e o Incontinental conhece um ou dois - temem prender preventivamente seja quem for, por receio das consequências civis dos seus actos, referindo-se, por exemplo, às indemnizações recentemente atribuídas a Pinto da Costa e Paulo Pedroso. 
Um receio bem razoável, até porque é expectável que os seus colegas da 2.ª Instância aponham o carimbo de "erro grosseiro" a tudo quanto for despacho que estabelece medidas de coacção, só para os ver "de calças pelos tornozelos", tendo até em conta essa verdade indesmentível que diz que "não há classe que mais odeie juristas que os juristas".

"The rules that constraint other men are nothing to McFreira"

"Uma religiosa do Porto foi condenada a um mês de prisão por não ter pago o bilhete de autocarro e ter recusado pagar uma multa de 50 euros que o juíz lhe aplicou como alternativa a ir para a cadeia um mês".


Aos costumes, a arguida disse "O meu Reino não é deste mundo".

20.10.08

Pobre Shrek

fn.CFPQM

Sofa King low (*)

sofaking-746626

 

(*) - Percebe-se melhor quando se diz em voz alta.

Os difíceis alinhamentos astrais

Duas ou três vezes por ano, espreitando por óculos de soldador, consegue-se ver um pouco de Pedro Silva Perereira por trás do ego de José Sócrates.

Antimatéria

Estudos confirmam que se as partículas de azedume de Vasco Pulido Valente e Pacheco Pereira, quando falam de Pedro Santana Lopes, chocassem num túnel arrefecido, criar-se-ia antimatéria suficiente para abastecer de energia toda a área metropolitana de Lisboa durante um mês.

Opostos de trabalho

Vieira da Silva reconhece que vai ser muito difícil criar 150.000 postos de trabalho.

Maior dificuldade, nesse campo, terá Manuela Ferreira Leite, ao propor-se criar um só posto de trabalho, o mais difícil de todo o país: o de Pedro Santana Lopes.

18.10.08

A outra corrida

O "Club Paradise" - um strip club de Las Vegas - está a promover um concurso nacional para encontrar a stripper mais parecida com Sarah Palin.

Barra das ligações

A barra lateral das ligações a blogs teve uns ligeiríssimos acertos. A inclusão do Eu blogo que me farto justifica-se pela mudança de blog da respectiva autora, amiga aqui da casa, que teve 864 blogs diferentes só nos últimos quinze dias e cujo rasto é difícil de seguir.

Verdadeiramente injustificável era a falta do blog amigo Gabardina. Fica agora suprida, com lamentável atraso.

Por fim, juntámos a ligação ao Jonasnuts. A sua simpática autora não só nos linkou como ainda nos enviou um e-mail muito simpático. Ora, nós aqui no Incontinental somos como a rapariga feia que vai ao baile e passa o tempo todo encostada a um canto, mendigando atenção. Ao primeiro sorriso, ainda que por educação, enrubescemos e queremos agradar.

15.10.08

Revelações

"João Paulo II foi ferido em Fátima em 1982".

Contactado pelo Incontinental, o bispo de Leiria-Fátima limitou-se a comentar: "ainda estamos à espera do INEM".

Cleese sobre Palin (mas não esse Palin)

A burla da Fátima

"Uma empresa de vendas está a utilizar o nome da apresentadora Fátima Lopes para aliciar telefonicamente os potenciais compradores com promessas prémios."

Em face desta notícia, para prevenir o risco de o mar de fãs de Fátima Lopes acreditar em contactos fraudulentos, a SIC solicita ao Incontinental a divulgação dos seguintes avisos e esclarecimentos:

1 - Peça sempre à pessoa que lhe telefona para se identificar. Continue a conversa apenas se essa pessoa jurar que é a própria Fátima Lopes.

2 - Tenha cuidado com as falsas campanhas de recolha de fundos. A SIC não pretende plantar 100.000 árvores das patacas na Serra de Aire. O Pato Donaltim não vai ser operado aos rins.

3 - Se a pessoa do outro lado da linha insistir em obter os seus números de contribuinte e B.I., aldrabe-a indicando-lhe o número do seu cartão de crédito.

4 - Um sotaque estranho e referências esporádicas ao "caso Maddie" indiciarão que está a ser contactado por Moita Flores. Em tal situação, afirme categoricamente que não gostou nada da série A Ferreirinha e acrescente que, na SIC, Rogério Alves ganha todos os debates com o autarca de Santarém. Conseguirá, assim, abalar a confiança do seu interlocutor.

5 - O Pato Donaltim não sabe fazer chamadas.

6 - Fátima Lopes raramente faz chamadas a desconhecidos pedindo dinheiro. Quando o faz, porém, pede quantias altas.

TIMMAY!!!

795129.1

Keep the change

Segundo o Sol online, "um taxista de 44 anos foi detido segunda-feira pelas autoridades em Lisboa por suspeita de tentativa de homicídio de um cliente".

Não percebo a inquietação. Afinal, o simpático senhor apenas tentou preparar o cliente para aquilo que o esperava lá fora.

O regresso à normalidade

"Depois de os dinheiros estatais terem salvado o mercado, a seguradora AIG gastou 330 mil euros em banquetes, partidas de golfe e massagens num resort da Califórnia. Já o Fortis levou 50 distribuidores a Monte-Carlo e pagou-lhes um pequeno-almoço de três mil euros por pessoa", lê-se no Sol online.

14.10.08

Prevenção

Numa altura em que a sua popularidade se mantinha em alta, Diana, a "Princesa do Povo", desfez-se contra um pilar de betão. Agora que subia como nunca nas sondagens, Jörg Haider acelerou para o além. Nem vale a pena falar de J.F.K., que, sendo aclamado por multidões, acabou muito mal um passeio de descapotável em Dallas.

Em face destes exemplos, é inegável que Manuel Monteiro é um visionário da prevenção rodoviária.

O Incontinental em regime Edite Estrela

Muito mais ainda que às pessoas que dizem "bétão" (ex.: «esta parede num bai abaixo porque é feito em "bétão"»), tenho ganho um ódio inestimável às pessoas - e, note-se, são mesmos muitas - que dizem "Rônaldo" ou "Rónaldo" (ex.: «o Cristiano "Rônaldo"/"Rónaldo" é o melhor jogador do mundo»).

Não há pêra anal grande o suficiente que os castigue merecidamente.

[Sim. Depois de um longo silêncio, é só isto que vos tenho, neste momento, a dizer. Não sei quando é que o French Guard me destitui do cargo... só posso dizer que temo muito a próxima 'avaliação de desempenho' por estas bandas.] 

12.10.08

Phelps

phelps-lk0813d

10.10.08

Brilliant!

brilliant

Parabéns, Roger!

Encontrada por aí, alguras na net

Distinções

"Espanha distingue Maria João Pires e Manoel de Oliveira."

Eu, por acaso, também os distingo muito bem. Ele é mais alto.

Problemas com o encéfalo

(Carregar na imagem para ler melhor.)

9.10.08

A Islândia

A Islândia diz que está quase falida. Explicam-nos que, apesar de parecer muito rica, não é assim tão rica. Que tinha muito dinheiro enterrado em Londres, em investimentos, mas a fortuna já viu melhores dias. Muitos se fiaram na Islândia.

A Islândia é o novo Vale e Azevedo.

Li há pouco a melhor frase do dia sobre Sarah Palin:

"Finalmente uma beauty queen que não deseja a paz no mundo."

Patrocínio "Toys R Us"

Nobel da Química para descobridores da proteína verde fluorescente.

8.10.08

It's the (martial) arts!

Vladimir Putin lança DVD intitulado "Vamos aprender Judo com Vladimir Putin".

Prevê-se que, em breve, Putin venha a lançar também o livro de culinária "99 receitas de Polónio, sem açúcar", bem como o pequeníssimo guia de "Manutenção de máquinas de aquecimento em gulags", e ainda uma divertida peça teatral que critica as ambições imperialistas dos Estados Unidos, que se chamará "não tocas na Rússia, nem que a vaca tússia".

Vai à cena, agora em Londres

Foi emitido um segundo mandado de detenção europeu visando a detenção de Vale e Azevedo em Inglaterra.

Com dois mandados, e havendo o risco de não se cumprir o primeiro, o Reino Unido poderá agora recriar, nos palcos londrinos, o espectáculo de origem lusa conhecido por "vamos deixar o Vale e Azevedo sair pela porta durante oito segundos para o prendermos novamente".

5.10.08

Nova vaga de argumentos a favor da Inquisição?

Investigadores comprovam efeito analgésico da fé.

Toy Yoda

Há momentos em que sentimos que a idade chegou e não volta atrás.

Ontem, houve uma demonstração da Bimby cá em casa.

Assaltar em grande

A história é demasiado boa para não a deixar aqui. Encontrei-a no Sol online.

"O caso teve lugar em Washington, onde o assaltante colocou no site uma oferta de emprego para um trabalho de manutenção numa estrada, pagando 28.50 dólares por hora.

Ao contactarem o promotor do anúncio os candidatos eram avisados para estarem em frente de uma filial do Bank of America vestidos com um colete amarelo, óculos de segurança, uma máscara para proteger a respiração e uma camisa azul.

De acordo com a imprensa local apareceram no local pelo menos uma dúzia de candidatos, que apenas descobriram o logro quando repararam que nenhum patrão apareceu.

Entretanto um dos indivíduos, o suposto ladrão vestido da mesma maneira, entrou no banco e assaltou-o tendo fugido sem deixar rasto, deixando os restantes 'cúmplices' sem saber o que estavam a fazer.

A última vez que o assaltante foi visto encontrava-se a boiar numa câmara de ar nuns rápidos da zona e desde então nunca mais foi visto."

4.10.08

I bet she will

Susan Sarandon promete regressar a Santiago do Cacém.

3.10.08

Não estou bem a ver

A Federação Nacional de Cegos dos Estados Unidos critica duramente o livro de José Saramago Ensaio Sobre a Cegueira, bem como a adaptação ao cinema, de Fernando Meirelles.

Compreendo perfeitamente as críticas. Considerei o livro perigosíssimo. Eu próprio, ao lê-lo, deixei de ver sinais de pontuação.

1.10.08

O público-alvo

Renascença lança rádio para o público sénior.

A Renascença lançou, como se sabe, uma rádio para o público sénior há muitos, muitos anos. Chama-se Rádio Renascença.

A frase em destaque é equivalente a "Toy apresenta música para público azeiteiro", "Moita Flores promove série televisiva para público que gosta de ver Filomena Gonçalves a usar vestidos antigos " ou "Camilo de Oliveira lança programa para público que gosta de ver personagens que são ligeiras variações demenciais do próprio Camilo de Oliveira".

How to

014_crazy

 

Fonte: http://www.wackyarchives.com

Revisitando Adam Smith em tempos de crise internacional

É fácil esquecer que qualquer mão - até a invisível - não serve só para carícias.